domingo, dezembro 31, 2006

"Ainda há pastores?", uma das escolhas do ano


Eduardo Cintra Torres, crítico de televisão, na crónica semanal do "Público" de 31 Dez 06 fez as escolhas do ano e incluíu o nosso "Ainda há pastores?" na categoria "Melhor do Ano" juntamente com outros documentários e séries de televisão.

De facto, 2006 foi sem sombra de dúvida fantástico. A todos os que estão a contribuir e que já contribuiram para tudo isto, o nosso muito,mas mesmo muito obrigado.

2007 vamos manter a mesma postura e contribuir para a evolução do documentarismo português. Há muitas estórias perdidas pelo nosso Portugal....

Esperamos também conseguir fazer a edição em DVD do "Ainda há pastores?". Um ano de muito trabalho nos espera. Mas quem corre por gosto não cansa.

Feliz 2007 para todos.

75 Comments:

Blogger ivor1982 said...

hey, I just got a free $5000.00 Gift Card. you can redeem yours at Abercrombie & Fitch All you have to do to get yours is Click Here to get a $5000 free gift card for your backtoschool wardrobe

19:08  
Blogger Beezzblogger said...

Pois,sim senhor, fico contente que esteja incluído nos melhores do ano, é sinal que vocês não podem parar, devem fazer mais, esperemos por eles para a gente ver.

Abraços e um 2007 cheio de Bons documentários

Beezzblogger

12:01  
Anonymous Anónimo said...

Já vi o documentário algumas vezes, sempre descobrindo pormenores novos e experimentando sensações diferentes. O Ainda Há Pastores? chegou-me pelas mãoes de um amigo entusiasta pelo trabalho do seu amigo de faculdade, o Jorge.
Ontem, eu meio adoentada e adormecida no sofá lá de casa, onde se juntaram tantas pessoas para receberem o novo ano, ouvi lá bem ao fundo qualquercoisa do género:"um pastor pá...da Serra da Estrela...Já viste como ainda se vive daquela maneira? E tão perto de nós?"; alguém, depois, respondeu :"Não me digas que estás a falar do Hermínio?"; "Sim", disse o primeiro.
Acabei por, ainda meio sonolenta, intervir falando um pouco mais deste trabalho.
Por fim, perguntou-me: "Então e sabes se o dvd vai estar à venda?"; "Está previsto", respondi: "Gostava de ter, é daqueles filmes que vale a pena ter", retorquiu...

Deixamos a dica e os votos sinceros de um grande 2007 para vocês!!

16:25  
Blogger Fernando said...

Exelente trabalho! Dia 12 lá estarei!
Só espero, em relação ao Herminio, que não o tranforme em nenhuma personagem freak daqui alguns tempos.
Bom ano!

17:00  
Blogger Fernando said...

Parabén pelo trabalho, é sempre bom quando alguém olha para a Serra, com outros olhos que não sejam os dos turistas da neve.
Em relação ao Herminio, só espero que nenhum xico esperto o transforme em mais uma personagem freak.
Abraço e "keep the good work".

17:03  
Anonymous Bruno said...

Um abraço ao Jorge Pelicano, do Bruno da Fnac Algarve. É com muito orgulho que tenho passado a palavra a todos os meus amigos e conhecidos de cada vez que sei que o documentário é exibido, e já revi o DVD 3 vezes. Até em fóruns de internet de cariz "metálico" como o metalunderground.org há um tópico sobre o documentário, onde estão expressas algumas opiniões sobre o mesmo. Como autodidacta do vídeo e da edição, fico maravilhado com algumas das passagens e o bom gosto na composição das mesmas, e espero agora em 2007, voltar a passar o ainda há pastores na Fnac Algarve e contar com a presença do Jorge.

19:18  
Anonymous Brun said...

Um abraço ao Jorge Pelicano, do Bruno da Fnac Algarve. É com muito orgulho que tenho passado a palavra a todos os meus amigos e conhecidos de cada vez que sei que o documentário é exibido, e já revi o DVD 3 vezes. Até em fóruns de internet de cariz "metálico" como o metalunderground.org há um tópico sobre o documentário, onde estão expressas algumas opiniões sobre o mesmo. Como autodidacta do vídeo e da edição, fico maravilhado com algumas das passagens e o bom gosto na composição das mesmas, e espero agora em 2007, voltar a passar o ainda há pastores na Fnac Algarve e contar com a presença do Jorge.

19:20  
Anonymous Anónimo said...

É deste tipo de trabalhos que o país precisa... Parabéns ao autor, parabéns ao Hermínio e a quantos contribuiram e acreditaram neste projecto. O país tem que se consciencializar do que acontece por aí e do que ainda é preciso fazer para melhorar e da mesma forma manter certas tradições. Ponham à venda este DVD, porque de facto vale a pena! Se ñ for para mais nada é para daqui a uns anos mostrarmos aos noxos filhos e netos, um Portugal que existiu outrora e que está em vias de extinção!Não deixem morrer as noxas raízes...

21:01  
Anonymous JVC said...

Excelente! Parabéns!
JVC

21:19  
Blogger pepe said...

Vi anteontem e hoje na SIC e só posso dar razão ao Olho Vivo: muitos parabéns, este é um documento da maior valia e interesse.
Um abraço e bom ano.

21:23  
Blogger Fireblade said...

Para quando o lançamento do DVD ??

A malta quer é o DVD :)

Parabéns a toda a equipa, principalmente à parte Fotográfica, fantástico....

Bom ano!!

21:26  
Blogger riverfl0w said...

Olá Jorge. Tive a oportunidade de ver o seu documentário ainda em fase de edição, na Universidade de Aveiro. Agora que tive a oportunidade de ver a versão final, não tenho dúvidas que é certamente um dos melhores documentários portugueses a que já assisti. Espero encontrar o "Ainda há pastores" pelos festivais. Abraço, André Spencer

21:29  
Blogger Moonlover said...

Acabei de ver o doc. na sic! Muitos Parabens Jorge Pelicano, imagens magnificas, não me refiro á beleza da serra mas ao que transmites pelas filmagens, da senhora de 82 anos, das crianças, da sua alegria no meio da seara, etc.
Sabe bem ver um documentario desta qualidade feito por um portugues, obrigada.
Bjs e optimo 2007 com tudo o que desejas.

21:38  
Blogger L.G. said...

Parabéns! Vi agora um excerto na SIC e o trailer no YouTube. Deixei-me emocionar pela beleza das imagens e por aquela voz única do Fernando Alves. O que vi já me convenceu, mas quero ir vê-lo à Cinemateca!

21:41  
Anonymous Anónimo said...

Feliz ano novo e votos cinceros de um optimo 2007.
E muitos parabens por um trabalho magnifico feito nesta tão esquecida serra da estrela lembrada poucas vezes por tudo o que não seja neve,mas que também essas coisas fazem parte da sua mais intima natureza ,e desta tão importante profissão que tanto faz pela nossa serra pois é através da deste duro e severo trabalho que os pastores levam a cabo que "nasce"o tão famoso queijo da serra da estrela,profissão essa que por muitos e vista como pouco prestigiante e pouco da "moda" mas lembren-se que sem trabalho nada vem todos temos um trabalho que devemos levar a cabo e fazer com toda a dedicação possivel independentemente com o que se tenha que lidar.quero deixar um grande abraço a toda equipa.e dia 8 lá estarei em coimbra.

21:48  
Anonymous Anónimo said...

parabens pelo vosso empenho e sensibilidade nesta questao... espero que alem deste, facam outros documentarios sobre o que se passa na Serra da Estrela e nao so, e deste modo fazer pressao para que se preserve uma parte do patrimonio natural que ainda existe, e a preserve de pessoas e instituicoes entre as quais o proprio Estado Portugues que em nome do turismo e do desenvolvimento e interesses variados, a pouco e pouco se vao desleixando nesta questao e 'vandalizando' parte desse patrimonio.Porque convenhamos.... a Serra da Estrela esta entregue aos lobos...se e que me entendem...so 1 exemplo... a Serra da Estrela e a unica montanha da Europa onde se vai de carro ate ao ponto mais alto... e sei disto por que la moro e a conheco mto bem. Eu apenas ainda vi parte do documentario na Sic, ja agora gostava de saber onde posso arranjar o documentario inteiro.manimalc@gmail.com...

1 Abraco.

21:50  
Anonymous Rui Vasco e Sofia said...

Um documentário fortíssimo tanto na realização como no conteúdo. Grande passo em carreiras que se prevêem brilhantes.
Um 2007 em grande para vós.
Um abraço ao Jorge.

21:55  
Anonymous Victor Hugo Sacadura said...

Parabens pelo vosso trabalho! Infelizmente ainda não vi o documentario na integra, mas para isso estarei no dia 24 de Janeiro na cinemateca. Aguardo ansiosamente uma enventual edição em dvd para o poder adquirir, espero que consigam reunir os apoios necessarios.
O Portugal retratado aqui é ambiguamente pobre e rico, mas uma coisa é certa... precisa ser lembrado, mostrado. Mais uma vez parabens, e obrigado pela maneira como o fizeram.

21:57  
Anonymous Alberto Fagundes said...

Vi agora na Sic um pequeno excerto do documentário ( ou filme ?). Foi notável, mas há uma nota extraordinária e simultaneamente chocante que é o da pequena (esqueci o nome) que o pai não permite que vá continuar na escola.Para este isolamento não há escolaridade obrigatória ... nem trabalho infantil, mesmo que de tarefas repartidas.Estamos de facto noutro país, e , se queremos que continue deverá ser devidadmente compensado e pago por forma a haver coerencia de direitos: têm direito às mesmas expectativas e a ter condições para as cumprir. E se isto fosse só na serra da Estrela .... mas se forem para a serra algarvia e outras , as condições são semelhantes.Creio que o país já tem um problema (grave) para resolver: que fazer a cerca de 80% do território? Como fazer voltar as pessaoas para o interior ( com uma nova capital?)?
Parabéns!

22:03  
Blogger antonio costa said...

Parabéns a toda a equipa pelo magnífico trabalho! O facto de ter as minhas origens na Serra contribui para uma leitura quase visceral do documentário. Parabéns pela fotografia, pelas opções gráficas e tipográficas.

Aguardo ansiosamente uma visita a Leiria! O IPJ o Teatro Miguel Franco são locais a considerar, ou ainda o Instituto Politécnico de Leiria.

Até breve espero!

22:11  
Blogger BORREGOLAS MOTORSPORT said...

Parabéns!
No meio de tanto lixo televisivo, onde se inclui a SIC, este documentário é muito bom e mostra como é possível fazer televisão com muita qualidade sem recorrer sempre às mesmas coisas de que já estamos fartos. Espero ainda que que este documentário mude o fim anunciado dos pastores da Serra da Estrela e também que a Rosa volte a estudar.
Estou à espera de mais trabalhos destes. Já agora, assim que puder vou visitar Casais de Folgosinho.
J. Miranda

22:13  
Blogger RuaInform said...

Queria deixar os parabéns por esta iniciativa e trabalho!
Temos que ser querentes, Ainda existe muita precariedade na qualidade de vida em Portugal, pois eu como ex-trabalhador em Portugal, conheci muitas dessas realidades, que por vezes nos deixam a pensar, não se deveria olhar para isso com olhos de orgulho, mas sim com compaixão!
Deveria, em vez de se fazer tantas campanhas para ajudar outros países, que se criem campanhas para levar mais qualidade de vida e cultura aquelas pessoas que tanto necessitam!
Reparei na reportagem a que assisti hoje, que as crianças só têm direito a ir a escola, "até que o pai se lembre", uma frase que nos deve chocar e sensibilizar a todos!
Que os bons feitores se deixem de "Big Brothers", e que façam campanhas de ajuda a essas precárias povoações!
que INFELIZMENTE, não existem só na serra da estrela!

Comprimentos a todos que elaboraram este trabalho!
Um Sempre amigo!
Paulo César!

22:15  
Anonymous Ohinasama said...

Tive a oportunidade de ver e rever o documentário na Sic. Belíssimas imagens, belíssimo texto servido pela voz inconfundível de Fernando Alves... tudo isto ao serviço da realidade de um Portugal autêntico e cheio de valor - e por isso mesmo fora da rota dos políticos que condicionam a produção do queijo artesanal mas não são tão exigentes no que toca aos direitos básicos: a electricidade, a escolaridade... sabemos lá que mais! Parabéns pelo excelente trabalho, e que o documentário tenha a carreira e a exposição que merece.

22:17  
Blogger BORREGOLAS MOTORSPORT said...

Parabéns! No meio de tanto lixo televisivo, para o qual a SIC muito contribui, este documentário é a prova de que os espectadores estão ávidos de coisas novas, diferentes e com qualidade. Estou à espera de mais trabalhos destes. Tenho pena de estar ausente de Coimbra caso contrário estaria no TACV, para assistir novamente ao documentário e reviver todos personagens dos quais destaco a Rosa, o Herminio,e a velhinha de 82 anos que se farta de correr.Espero que este trabalho desperte consciências e ajude a desviar o fim anunciado dos pastores da Serra da Estrela. Quero conhecer Casais de Folgosinho. Parabéns e bom trabalhos.
J. Miranda

22:21  
Anonymous red said...

Vi na SIC e... achei um documentário extraordinário, fiquei sinceramente emocionado. PARABÉNS aos autores. Espero que as apresentações do documentário possam chegar mais a norte e mais propriamente ao minho, onde provavelmente também ainda existem pastores, pelo menos na área da serra do Gerês. Seria agradável ver o documentário numa sessão apenas destinada ao tema.
Um abraço, e mais uma vez parabéns.

22:43  
Anonymous Francisco said...

Gostei muito do documentário. Não q fosse uma realidade desconhecida para mim, ja q cursei agronomia e o contacto com a gente da terra faz parte da minha profissão. Mas é sem dúvida um mundo vasto que se esconde aos olhos das pessoas das cidades... Um mundo que vai desaparecendo e que faz parte da nossa historia como povo. Um modo de vida em vias de extinção apenas no mundo dito civilizado. Bem haja

23:51  
Blogger Ana anokinhas said...

Parabéns pelo excelente trabalho! Apenas vi hoje o pequeno extracto que deu na SIC e gostaria de ver o documentário completo! Onde posso ter acesso a ele? Já está à venda em DVD?

Obrigado e mais uma vez parabéns!
Bom ano 2007!

00:11  
Anonymous Joao Ribeiro said...

As pessoas das grandes cidades como Lisboa ou Porto ficam espantadas com o nivel de ruralidade que existe na Serra da Estrela....mas não é só na Serra da Estrela...
Experimentem ser vendedores porta-a-porta a mais de 30 a 40 km dos grandes centros e descobrem um Portugal obscuro e totalmente desconhecido da maioria!

11:21  
Anonymous tuga said...

Parabens...Só vi um excerto do documentário na SIC e gostei...Marcou-me a menina que deixou de ir à escola...Seria interessante daqui a uns anos voltar lá e ver o percurso de vida dela que, agora já com as maos calejadas por brincar com outras "Barbies" não tem nenhum PR que interceda por ela e pelo amigo.

11:36  
Anonymous paula said...

Obrigado por este momento ternurento e comovente. Gostamos de saber que ainda existem no mundo pessoas como o Herminio, a Rosa e o Zé, a Maria do Espirito Santo...

12:47  
Blogger Pézinhos n' Areia said...

Fantástico !!!!!!!!!!!!!

E com FERNANDO ALVES ... "A Voz", do Jornalismo Português, não há palavras ....! Adorei !

Os meus Parabéns, Jorge Pelicano !

Desculpe mas não resisti a colocar no meu blog.

Bem Haja.

Diana F.

13:27  
Anonymous joão said...

Parabéns pelo excelente documentario, quando é se passa na integra na tv? e a passagem para dvd?
Bom ano e parabéns!

14:03  
Blogger fueg0 said...

Parabéns pelo documentário e pela parte fotográfica (equipa). Excelente trabalho.

Onde posso comprar o DVD? Agradeço informação sobre onde e quando estará disponível.

14:05  
Anonymous Anónimo said...

Fantástico
Parabéns pelo magnífico trabalho, fantástico documento e nostálgico qb para mim. Sou uma gouveense/portuense com muitas saudades dos tempos em que ia aos casais de Folgosinho com o meu pai comprar queijos. Era sempre uma grande aventura :-)

1 abraço e continuação do bom trabalho
Maria.

14:13  
Blogger zecka3 said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

14:30  
Blogger zecka3 said...

E foi uma "escolha" merecidíssima, excelente a fotografia, óptima a sonorização, muito boa a narração. Muito feliz sem dúvida e uma das melhores peças jornalísticas/filmes que tive a oportunidade de assistir em 2006.

Parabéns!

14:30  
Anonymous Anónimo said...

Muitos parabens...esta muito bom, isto sim chama-se serviço publico, uma viagem ao esquecido interior do nossa pais...mais uma vez muitos parabens

14:49  
Anonymous JoaoLima said...

Muitos parabens por este documentario fantastico, parabens tambem a SIC por abraçar este tipo de iniciativas e dar oportunidades a jovens com talento.

15:04  
Anonymous Anónimo said...

Quero dar os parabens em especial ao Jorge Pelicano e a toda a produção que o acompanhou neste mágnifico documentário.
Como técnico de audio(estúdio e exterior),e apaixonado por fotografia ,achei o"Ainda há Pastores" muito bem escrito,com uma realização(..fotografia..)do melhor que tenho visto.
Edição muito agradavel..,quero realçar o som directo e a voz de Fernando Alves no "off",que deram ainda mais "corpo" a esta obra belissima sobre a interioridade portuguesa (..com gentes e cenários naturais maravilhosos..)
Os meus sinceros parabens por esta pérola do documentário nacional.!
Abraço.
Luis Récio - emerecio2000@gmail.com

15:09  
Anonymous pinto viseu said...

A diferença entre o homem das cavernas e o grande Hermínio, é que este já sabe o caminho para Celorico da Beira (Solar do Mondego), onde se vai divertir com sotaque brasileiro ("até os passarinhos gostam de fazer amor")... Duas raparigas numa noite... Grande Pastor do seu e dos outro rebanhos!
Os nossos queridos antepassados, tiveram que se contentar em "cavernas" com sotaque serrano!De resto...tudo pouco mudou!
O coração grande do Hermínio, ao ver uma rapariga de mini-saia, e ao lhe oferecer umas calças e um cinto,para ela não passar frio, revelam bem o espírito beirão!!! O homem das cavernas faria igual, é claro, à sua maneira...a melhor rês do seu rebanho, daria com a sua pele, o melhor aconchego a uma garota do seu tempo que se mostrasse mais destapada. BONITO!!!
Parabéns pelo filme, e por toda a realidade exposta no mesmo, deste nosso Portugal, país do 1º mundo, e em pleno Século XXI.
Hermínio..., um abraço para ti, e até um dia destes, em Celorico, junto das amigas com sotaque...

15:36  
Anonymous Ana Preto said...

Desculpem a minha ignorância, mas desconhecia por completo este documentário/filme, não sei...Não percebo nada de fotografia, dos ângulos e tudo o resto que que define o profissionalismo de quem está por trás deste trabalho, mas quando se sente a pele toda arrepiada só de ver...é porque a mensagem chegou até nós! Infelizmente esta realidade não é exclusiva da Serra da Estrela; há muitas aldeias do Interior onde vemos meninos que já não podem ser meninos, velhos que ainda não podem descansar...Pode ser que assim, os "responsáveis" pelo país vejam o que se passa no país, na realidade. Vejam como ele é MESMO. Que antes do choque tecnológico há outros choques quaisquer, de resistência, de trabalho, de solidão...Enfim! Muitos parabéns! Continuem a fazer um bom trabalho!

15:50  
Blogger Nuno said...

Adorei! Devia ganhar um óscar para melhor fotografia!

15:53  
Anonymous Anónimo said...

Antes de mais quero expressar os meus sinceros PARABÉNS a toda a equipa. EXCELENTE e sem PALAVRAS.

Ontem mesmo, fiquei deslumbrado com as imagens, mais do que qualquer outra coisa. São fantásticas.

Aproveito para desejar um excelente 2007, e sugiro que avancem com outro projecto do género sobre: As últimas redes no Guadiana; os pescadores de água doce estão em vias de extinção. Sobre o alentejo e as suas gentes.

Um abraço

17:27  
Blogger rutinha said...

foram mtos os verões passados em Folgosinho e ainda há um mês tive a oportunidade de reviver essas memórias. sendo filha de um conterrâneo de Folgosinho, passámos um grande serão a ver o vosso documentário e com muita alegria vi o meu pai a identificar as pessoas que ia aparecendo!mtos parabens pelo excelente trabalho!rute carréu

17:37  
Anonymous Locais Mágicos said...

Este blog esta mto giro, continuem e vão visitando toda a blogosfera. É mesmo um mundo interessante

18:07  
Anonymous Floresta Unida said...

Adorei este blog sobre pastores, conheci este blog atraves de uma publicidade na SIC , espero que tambem gostem do que vi. Visite tambem www.florestaunida.blogspot.com tudo relacionado com prevenção e combate a incêndios, formação e tudo mais.

18:09  
Blogger ergela said...

Execelente documentário,feito com uma sensibilidade extraordinária,fez-me lembrar e recuar a outras histórias que tive conhecimento por familiares bastante próximos (avô,tios,primos)
tambem eles pastores na mesma região na Serra da Estrela (Alvoco da Serra).
Gostava de saber,como outros,para quando o visionamento de todo o documentário?


Nota:Aquele pastor,e a senhora que corre...corre aos 81 anos,são absolutamentamente maravilhosos.PARABENS.

18:10  
Blogger Hugo Amaral said...

muitos parabéns pelo excelente registo. Simplesmente delicioso!! Que em 2007 venham mais documentários como este!

18:28  
Anonymous anokas85 said...

parabens pela excelente escolha do tema..acho que nos todos gostamos de tudo que esteja relacionado com o nosso portugal!mas ainda nao vi na intedra apenas um pouco que passou na sic generalista,por isso quero perguntar se veem exibir o filme a covilha e se vai ser editado em dvd...adorei o que vi...muitos parabens e um bom 2007 para todos.....

19:09  
Blogger csr™ said...

finalmente Portugal volta a ter Cinema...
Mto bom!!!
Parabens!!

21:08  
Blogger Inexitah said...

realmente muito bom mesmo


feliz 2007

22:58  
Blogger GK said...

Parabéns pelo sucesso.

Bom ano.

00:02  
Anonymous Anónimo said...

Um documento demasiadamente importante, e que deve sem dúvida ser editado em DVD.
É um testemunho de uma sensibilidade arrepiante e de uma qualidade excelente, tanto no tratamento da imagem, fotografia como nos textos etc...etc.
Que 2007 vos traga a possibilidade de continuarem a fazerem o que gostam.

09:42  
Blogger susana said...

Ola... Apesar de normalmente não gostar muito das crónicas (e ideias) deste senhor, desta vez estou inteiramente de acordo com ele... Já tive oportunidade de ver o documentário duas vezes (e já tinha sido "torturada" com imagens dele há um ano... Não é Jorge? lol)... e adorei o resultado final! Está muito bom mesmo! PARABÉNS!!! Continuem...

10:43  
Blogger greentea said...

vi o último documentário q passou na SIC creio que no dia 1 de Janeiro - achei lindissimo. Sou de Lisboa e vivo aqui mas vou muitas vezes até à zona da Guarda e essa região diz-me muito.

Um abraço e votos de tudo bom nste novo ano.

14:06  
Blogger avelana said...

revi a minha aldeia e muitas situações que por aqui aconteciam há uns anos atrás. Hoje os pastores e as gentes são raras mas continuamos a resistir e temos agor um projecto para levar a cabo.

Um abraço para todos os q participaram e realizaram o filme, com os melhores votos para 2007

14:28  
Blogger belinha said...

Olá!Eu, que passo o tempo a dizer que gosto de documentários, ainda não vi o vosso e não tenho desculpas pois sei que já o apresentaram aqui na Figueira da Foz...Mas quero dizer-lhe que se quiser mais pastores, uma outra história, poderá encontrar um casal deles aqui na Figueira da Foz, habitando um bairro social onde foram realojados, e fazendo da pastorícia a sua vida diária a alguns quilómetros.(Pelo menos assim era em 2004)Quando contactei com a família, o casal,no âmbito de um projecto de intervenção social do qual fui coordenadora, fiquei chocada ao descobrir que o filho de 18 anos não sabia ler nem escrever tendo sucessivamente escapado a todas as tentativas de inclusão escolar que se tentaram montar.O pai é um contador de histórias nato e os irmãos, dois rapazes e uma rapariguita, completam o quadro de família...Parabéns pelo unanimidade que o vosso trabalho está a suscitar, espero descobri-lo um destes dias!:-)

19:51  
Anonymous F. Couto said...

Parabens.
Este documentario foi dos melhores que já vi em toda a minha vida.
Simplesmente fantastico.
Fico à espera de outras passagens na TV e do dvd.

22:17  
Anonymous Monalisa said...

Bela prenda de Natal que tive ao ver o documentário na SicN. Uma boa prenda para vós e para mim também. E penso que não foi necessária a crítica para saber o que toda a gente já sabia... que estavamos perante um documentário fantástico. Não imaginas como é fixe dizer aos muitos amigos que tenho "Olha, o Jorge é meu conterrâneo... e meu amigo!" :) Abraço e grande 2007 para ti e toda a equipa. E até breve :)

23:10  
Anonymous Nuno Costa said...

Muito bom.Muitos parabens.é preciso ver as dificuldades da serra, não a ver so como 1destino de ferias e onde td é lindo...

23:49  
Anonymous Anónimo said...

adorei o documentario, ainda nao vi o filme.
Vivo em ermesinde(porto) mas passo muito tempo na Guarda onde tenho casa. Adoro estar lá, as paisagens o ar puro,.... o ceu!!! As pessoas de lá sao as mais francas que existem no mundo, tenho a certeza..É um lugar paradisíaco!!!

Estes homens e mulheres que ainda cuidam do gado, estao a desaparecer! em breve estara TUDO industrializado e automatizado e nao passará de produção! acaba-se o carinho pela terra e pelos animais e só vamos conseguir ver bifes em vez de vacas e queijo em vez de ovelhas. por isso chorei quando vi o documentario pois sei que é uma questao de tempo até tudo isto acabar!
em nome de todos os amantes da natureza e da simplicidade, eu agradeço por este documentario. MUITO OBRIGADO por dar a conhecer esta realidade a muita gente.

11:10  
Anonymous SJ said...

pára tudo, está a dar o documentário na SIC generalista, e diz a minha mãe: já deu também aquele que tu falaste, o Herminio!!

Parámos os 4,eu ainda me arrepio, o resto da familia quase comovida a ver o pais real, com textos e imagens de qualidade e uma voz que nos chega à alma...

Queria ver outra vez, sorrir com os meninos entre a erva, com o Herminio, com a compra do frigorifico e de 2 arcas, com a corrida atrás das ovelhas, com aquela imagem tão perto do céu!!

editem lá isso em DVD faz favor que eu quero comprar!!

Feliciadades

12:43  
Blogger Guidinha Pinto said...

O conteúdo deste filme mostra o típico pastor da Serra, de uma forma "ternurenta". Estas imagens, belíssimas, mostram a realidade do nosso trabalhador sem recursos a educação e a instrução e por isso, explorado por outro que a mais só terá as ovelhas e algum dinheiro. Os pastores não têm forçosamente de ser e viver assim. Ter uma casa de banho, passados 30 anos de revolução, ainda continua a ser um luxo para muitos portugueses. Já vi documentários idênticos de pastores na Turquia e na Grécia. Não estamos assim, como povo, tão longínquos deles... Quanto à forma como é apresentado, é idêntico ao que de melhor passa nos diversos canais internacionais. Neste contexto, estão de parabéns. Conseguiram captar a beleza agreste da paisagem, o abandono em que as gentes continuam a viver, a solidão atenuada pela vinda das "brasileiras"... e depois colaram-lhe um som divinal.
Estamos todos de parabéns pelo vosso trabalho. Um 2007 repleto de reportagens.

13:03  
Anonymous Anónimo said...

Bom dia!



Assisti no dia 1 de Janeiro de 2007, no jornal da noite, a uma reportagem subordinada ao tema “Os últimos pastores”. Fiquei particularmente impressionada com a situação daquelas duas crianças que vivem com o Pai no meio da Serra da Estrela, principalmente com a rapariga. Acho que dificilmente nos passa pela cabeça, aqui na cidade, que possa haver situações como a dela que teve de abandonar a Escola para ajudar o Pai…e que ajuda!



Sou Mãe a tempo inteiro de 4 filhos entre os 5 e os 15 anos e gostava de poder ajudar aquelas duas crianças na medida das minhas possibilidades, talvez enviando roupa, livros, brinquedos para que a vida tão dura que levam seja um bocadinho “amaciada”…



Se vos for possível, agradecia que me dessem o contacto daquela Família!



Obrigada.



VeraBaetaLima

14:52  
Blogger Mário Silveira said...

Vi o vosso comentário e achei simplesmente um dos melhores que vi nos ultimos anos tanto a nivel de escolha do titulo que apresentaram como o proprio documentário foi bem estructurado para além de ter uma fotografia simplesmente fenomenal. Como poderia ter uma cópia deste documentário?? gostaria muito o meu email é : silveira2005@gmail.com

Muitos parabéns e que continuem .

Abraço
Mário Silveira

16:05  
Blogger Mário Silveira said...

Também chamou-me a atençao para as 2 crianças e como viviam, inclusivé a minha filha de 6 anos não conseguiu ficar indiferente à vida que elas levam.
Gostaria de poder na medida do possivel seja com livros, brinquedos, etc ajudar-las. é possivel ter o contacto da familia?

Meu email é : silveira2005@gmail.com

16:11  
Anonymous JR said...

Belíssimo trabalho. Próximo do genial. Tem imagem, tem história, tem conteúdo. Parabéns. Fico a aguardar o próximo.

17:53  
Blogger Luis Silva said...

Olá a todos. Lauro António faz uma referencia ao filme "ainda há pastores?" no seu blog: http://www.lauroantonioapresenta.blogspot.com

20:47  
Anonymous Anónimo said...

Rir, Rir e mais Ris, foi esta a minha reacção ao ver os doze minutos que passou na sic generalista.
Eu sou oriundo destas terras da serra da estrela e sinto orgulho de ainda haver gente assim, puros e duros, muito embora se possa correr o risco de transformar Herminio em algo "postiço", por isso cuidado, vamos a preservar aquilo que realmente é puro.

Parabens Jorge, pois estudaste numa escola boa, o ipguarda ...

00:42  
Blogger Nuno Pires said...

Parabéns! Estarei na Cinemateca para a "ante-estreia".

11:35  
Blogger karraio said...

A TV é mesmo potente, eh! de vez em quando, presenteia-nos com estes brindes. Vá lá!
Da minha cidade miro o cimo da serra. Agora, tem-me acontecido olhar para lá e lembrar-me do "ainda há pastores?".

23:26  
Anonymous Anónimo said...

Porque é que ficamos assim tão deslumbrados quando se faz algo tão fantástico no nosso país??
Parabéns ao autor. Brilhante locução do Fernando Alves. É um trabalho tão simples e tão memorável.
É um orgulho ver que em Portugal podemos chegar tão longe partindo duma ideia tão básica. Brilhante. Simplesmente brilhante. Obrigado

00:21  
Blogger Jorge said...

Se bem que os critérios deste senhor sejam muito discutíveis, pelo menos acertou no documentário!

19:47  
Anonymous marisa costa said...

Vi o vosso trabalho e adorei! Até porque os meus avós maternos, apesar de nao serem pastores, vivem uma realidade semelhante a essa...
Mas o que na verdade me fez comentar este post foi, nem mais nem menos, do que a seguinte gralha: "Há muitas estórias perdidas pelo nosso Portugal...".
"Estórias"? Telvez histórias...
Beijinhos e parabéns pelo excelente trabalho!

13:31  
Anonymous Anónimo said...

Para quem é do Porto, o "Ainda há pastores" vai ser projectado ao ar livre na praça de são francisco (ao pé da igreja de sao francisco e mercado ferreira borges) na próxima quinta-feira (dia 24 Julho) pelas 21h30. Apareçam!!

23:11  

Enviar um comentário

<< Home